Por que empresas B2B podem [e devem] investir em redes sociais?

Já é de conhecimento geral que as redes sociais são os canais de comunicação mais impactantes da atualidade. Afinal, cada vez mais pessoas e empresas as utilizam para se comunicar com outros usuários e marcas.

Para se ter ideia, mais de 95% dos adultos entre 18 e 34 anos seguem marcas nas redes sociais. Inclusive, todas as faixas etárias apresentam percentagens acima dos 70%. 

Apesar desse estudo ter sido realizado nos Estados Unidos, pela MarketingSherpa, o Brasil não fica atrás. Afinal, nós somos responsáveis por 10% do tempo gasto nas mídias de todo o mundo. Uma característica que faz do brasileiro ficar atrás somente dos Estados Unidos, segundo os dados da ComScore

No entanto, mesmo com esse potencial, como seria interessante para as empresas B2B investir em redes sociais? Além disso, de que maneira é possível utilizar as redes sociais para atrair outras marcas para a sua?

Nós selecionamos a resposta para cada uma dessas questões e vamos lhe explicar tudo agora mesmo. Vamos lá?! 

Por que empresas B2B podem [e devem] investir em redes sociais

1. Principais vantagens das empresas B2B ao investir em redes sociais 

A primeira grande vantagem é o reconhecimento de marca. Investir em redes social é uma ótima janela para que outras marcas se interessem pelo que a sua empresa está oferecendo. Não somente, possuir uma boa reputação online é um fator decisivo para algumas marcas te escolherem. 

Outro fator importante é a construção de autoridade. O que é possível ser obtido por meio da criação de conteúdo relevante de forma constante. Pois, além de educar o potencial cliente, você trabalha a confiança e credibilidade da sua marca para com esse público.

Por fim, você cria um processo que é irresistível para a obtenção do seu objetivo principal (venda e fidelização). Isso porque, a sua marca cria um fluxo de etapas que é coerente e funcional.

Nele, a sua marca primeiramente atiça a curiosidade e chama atenção por meio de conteúdos relevantes. Eles podem surgir por anúncios ou de forma orgânica, como compartilhamentos e indicações. Após ganhar a visibilidade, você conquista o interesse apresentando soluções que direciona progressivamente para a venda.

Em outras palavras, o B2B também pode ser trabalhado nas redes sociais, contudo, é preciso respeitar as suas características.

2. O que todas empresas B2B precisam saber antes de traçarem uma estratégia?

O primeiro passo para iniciar qualquer estratégia de redes sociais para empresas B2B é pensar no cliente. De forma geral, para as empresas B2B, os pontos principais para serem respeitados são 7:

  1. Público-alvo: pessoas responsáveis pela tomada de decisão nas empresas;
  2. Comunicação: educativa e focada nas características do serviço ou produto;
  3. Estratégia de mídia: mais focada na percepção dos seus clientes e conversão;
  4. Objetivo: médio e longo prazo;
  5. Volume de compra: poucos clientes, mas que compram muito; 
  6. Necessidades: necessidades específicas, buscam eficácia na resolução dos problemas;
  7. Tipo de decisão: racional

Tendo em vista cada um desses pontos, é super importante obter mais detalhes considerando os seus próprios clientes. Claro que, para isso, você precisará tem em mãos claras e atualizadas, além de uma mensagem que condiz com o que o seu público-alvo. 

Lembre-se, ainda, que assim como a sua marca quer converter, o seu cliente também deseja o mesmo. Então, pense em como valorizar e otimizar os resultados dos seus clientes. Crie conteúdos relevantes para eles e, com o tempo, vá mostrando como a sua empresa pode ajudar.

3. Quero investir nas redes sociais, por onde começo?

Você pode iniciar por conta própria, contudo, para ter constância e excelência é necessária uma equipe qualificada. Não é à toa que uma boa Agência de Marketing possui um grande time de profissionais. O que aumenta o custo benefício do resultado devido a especialização para esse tipo serviço.

Todavia, se ainda quiser seguir em frente sozinho é preciso estudar os seus clientes e fazer levantamentos. É necessário saber as preferências online, incluindo as suas necessidades e valores. Pois, somente sabendo isso é possível entender por exemplo:

  • quais são as redes sociais mais relevantes para o seu negócio;
  • quanto investir em publicações patrocinadas;
  • como não ser a empresa chata das redes;
  • qual a linguagem mais interessante para se comunicar com as outras marcas;
  • o que é indispensável para a sua marca ser relevante para seu público alvo, e muito mais.

Recomendamos que faça uso de estratégias de segmentação e orientação como a criação de personas.

Garanta excelentes resultados com as redes sociais

Como deu para notar, são vários os benefícios de se investir em redes sociais quando se trata de uma empresa B2B. Do mesmo modo, também vimos o que é indispensável para que esse tipo de empresa se comunique de forma eficiente. 

Nesse sentido, cabe a você obter todas as vantagens das redes sociais na sua empresa B2B. Seja por conta própria ou contando conosco, temos certeza que a sua empresa só tem a ganhar com as redes sociais. 

Faça a sua empresa ser reconhecida o quanto antes.