O que são os KPIs e como eles podem ajudar o seu negócio?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Como já disse Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, “não se pode gerenciar aquilo que não podemos mensurar”. É por isso que as metas e os KPIs são a forma mais assertiva de assumir um verdadeiro compromisso com a performance, seja de uma loja física ou de um e-commerce.

No entanto, caso ainda não saiba o que são os KPIs e como eles podem ajudar o seu negócio a prosperar, este conteúdo é para você. Confira a seguir as respostas para as principais questões sobre o tema e garanta o sucesso das suas metas por meio do monitoramento dos seus KPIs!

O que são os KPIs e como eles podem ajudar o seu negócio?

A tradução de Key Performance Indicator ou, simplesmente, KPI, já diz tudo. Trata-se de Indicadores-chave de Desempenho de uma estratégia. Em outras palavras, são métricas que devem ser monitoradas para que você consiga avaliar a performance e os resultados das suas ações.

Os KPIs podem verificar desde o desempenho geral de um negócio até o desempenho de processos específicos. O que possibilita tomar decisões muito mais adequadas, além de melhorar os resultados.

Ainda, é possível utilizar os indicadores para analisar o desempenho das estratégias de cada departamento, como o de vendas, suporte, marketing etc. Tudo depende do seu objetivo e das métricas mais relevantes.

Para uma boa análise, é preciso considerar 3 aspectos fundamentais: 

  • a meta a ser atingida;
  • as métricas mais relevantes; 
  • a tolerância.

Afinal, a definição de um limite de tolerância cria um grau de gravidade do resultado. Assim, resultados fora dessa margem indicam que o desenrolar do processo é crítico e alguma providência deve ser tomada.

Por que medir o desempenho com os KPIs?

Investir em uma ação que não permita a você mensurar o seu retorno é uma forma de perder seu tempo e dinheiro.

Isso porque o administrador poderá investir por muito tempo até perceber que não foi recompensador. Logo, para “consertar” o erro, ele terá de retornar do ponto de partida e buscar uma nova abordagem.

Por outro lado, com a definição e o monitoramento dos KPIs, você sempre saberá se está tendo ou não resultados. Assim, consegue economizar recursos e visualizar, mais rapidamente, onde deve melhorar. Viabilizando a aceleração do processo até atingir as metas estabelecidas.

O que são métricas enganosas e qual o perigo de se apegar a elas?

Também conhecidas por métricas de vaidade, algumas podem indicar resultados mais promissores do que a realidade. Isso ocorre, principalmente, quando não há um foco na meta. Pense que, por mais interessante que seja atingir um bom número de seguidores, uma métrica de rede social só se torna relevante dependendo da estratégia traçada. 

Ainda, em perfis que realizam sorteios constantemente, por exemplo, boa parte dos novos seguidores podem não estar necessariamente interessados na marca. Logo, é preciso ter em mente o seu objetivo e focar em estratégias que geram resultados que realmente contribuirão para o crescimento do seu negócio.

Entenda que, se você se apegar às métricas que não refletem o desempenho real da sua meta, certamente, desperdiçará os seus recursos. Uma forma interessante de mapear os KPIs ideais para a sua empresa é segmentando-os de acordo com os seus principais objetivos, como:

  • branding;
  • engajamento;
  • conversão.

Abaixo, listamos alguns dos principais KPIs para cada um desses objetivos.

💎 KPIs de Branding

Número de fãs, seguidores e conexões em redes sociais

Trata-se do número de pessoas que acompanham a sua marca nas redes sociais, ou seja, fãs no Facebook, seguidores no Instagram, conexões no LinkedIn etc. Esse número reflete parte do potencial da empresa em cada rede.

Vale dizer que essa quantidade por si só não é determinante para avaliar os resultados das suas estratégias de social e branding, mas também não deixa de ser um dado relevante em suas análises. 

Buscas pelo nome da empresa no Google ou Branded Search

Trata-se do número de pessoas que pesquisam por sua marca no Google. Isso pode ser um dos parâmetros para avaliar como está a lembrança de marca da sua empresa. Ainda, é relevante para demonstrar o desempenho das estratégias com o foco no reconhecimento de marca.

Tráfego orgânico

Trata-se do número dos visitantes que chegam ao site de forma autônoma. Em outras palavras, são as pessoas que não clicaram em anúncios pagos no Google para encontrar a empresa. O que, por sua vez, reflete a audiência que os canais de conteúdo de uma empresa atingem.

Tráfego pago

Trata-se do número de visitantes que vieram ao seu site após clicar em anúncios no Google AdWords. Esses anúncios são muito eficientes para levar novas pessoas às páginas da sua marca, porém, isso tem um custo.

❤️ KPIs de Engajamento

Interação por post nas redes sociais 

Trata-se do valor gerado pela soma do número de curtidas com os comentários dos últimos X posts e divide tudo por X. Nesse caso, X é o intervalo que, geralmente, é representado em 10 posts. 

Esse valor demonstra a relevância e o quanto os seguidores estão interagindo com a sua marca em cada rede social. O que lhe permite criar estratégias únicas conforme a influência da sua marca em cada rede.

Taxa de rejeição

Trata-se da porcentagem que permite identificar as possíveis falhas no seu site ou blog. Ela ilustra quantos usuários estão abandonando o site na primeira página ou em uma publicação específica. 

O motivo por trás desse comportamento varia conforme o problema na experiência do usuário. Mas essa taxa é um bom alerta para buscar possíveis correções.

Páginas por sessão

Trata-se do número de páginas que os usuários acessam em seu site. Ele é muito importante, pois demonstra a relevância do seu conteúdo e página para os usuários.

💰 KPIs de Conversão

Ticket Médio

Trata-se do valor total da receita dividido pelo número de transações. Esse resultado é útil para entender quanto os consumidores gastam, em média, na sua loja. Dessa forma, você consegue criar estratégias mais eficazes de precificação e promoção.

Taxa de conversão

Trata-se da quantidade de resultados gerados a partir das ações de Marketing. Com essa métrica, dá para saber se os resultados foram positivos ou, caso contrário, indicar melhorias a serem feitas. 

Ainda, pode representar diferentes parâmetros, conforme o objeto de estudo, ou seja, desde o preenchimento de um cadastro em um programa de fidelização, até a solicitação de um orçamento ou a inscrição em uma newsletter.

Quantidade de Leads

Trata-se do número total de pessoas interessadas no que a sua marca tem a dizer. Geralmente, são os usuários que disponibilizaram os seus contatos (e-mails, telefones etc.) para que a sua empresa envie conteúdos. 

Esse número ajuda a avaliar se os conteúdos gerados estão sendo relevantes para os leitores que, futuramente, podem se converter em clientes. Desse modo, um lead não significa uma venda futura, mas é uma pessoa que tem mais interesse que um usuário comum.

Número de leads gerados

Trata-se da quantidade de leads gerados em um determinado período. Esses usuários representam as pessoas que acabaram de demonstrar interesse no que a sua marca tem a dizer. 

Número de leads qualificados

Trata-se do número que demonstra a quantidade de leads que estão a um passo de se tornarem clientes. Por meio dele, é possível, por exemplo, criar estratégias de promoções exclusivas para incentivar a compra.

ROI

Trata-se do cálculo do Retorno sobre os Investimentos referentes às estratégias. Com esse número, é possível entender quais investimentos foram positivos, saber quais precisam de otimização ou aqueles que não geraram retorno.

Aprenda aqui a calcular o ROI.

Receita

Trata-se do valor total gerado em vendas por uma empresa dentro de um determinado período. Apesar de ser um valor bruto, ele pode ser um parâmetro comparativo com os resultados dos períodos anteriores. O que pode gerar bons insights para a otimização das suas estratégias.

Número de transações

Trata-se do número de compras na sua loja. Vale ressaltar que esse número não traduz, necessariamente, a quantidade de pessoas que compraram. Isso porque, uma mesma pessoa pode fazer aquisições mais de uma vez no mesmo período. Entretanto, por meio dele, é possível calcular outros indicadores importantes, como ticket médio e taxa de conversão.

Taxa de carrinho abandonado

Trata-se do número de pessoas que iniciaram o processo de compras, mas, em alguma parte do processo, não deram sequência. Assim, com esse valor, é possível traçar estratégias para trazer os usuários de volta ao carrinho para concretizar a venda.

Agora que você conheceu alguns dos principais e o que são os KPIs, faça análises mais precisas e otimize os resultados do seu negócio. Esperamos ter te ajudado a interpretar as suas estratégias de forma mais assertiva. Até mais!

Artigos Relacionados