Crazy Eights - Como gerar ideias e soluções em 5 minutos

Como vimos aqui no blog, com o Design Sprint é possível encurtar meses em cinco dias de muito trabalho. Porém, é necessário seguir cada etapa corretamente para conseguir obter ótimos resultados. Nesse sentido há um exercício muito bom para melhorar o desempenho de uma das etapas do Design Sprint. Ele é reconhecido por Crazy Eights.

Quer saber como ele funciona, assim como em qual etapa do Design Sprint ele pode ser aplicado? Veja, a seguir, essas e outras características do Crazy Eights. 

O que é o Crazy Eights? 

O Crazy Eights é um exercício que, através de esboços e um tempo limitado, estimula a construção de novas ideias. 

O objetivo, basicamente, é ultrapassar a ideia inicial, geralmente a menos inovadora, para desenvolver uma ampla variedade de soluções a um problema.

Como funciona o Crazy Eights

Antes de qualquer dinâmica é preciso explicar o problema ou desafio que a sua empresa quer solucionar. Essa identificação ocorre, normalmente, desde o início do Sprint. No entanto, caso queira aplicar o Crazy Eights em outras situações, considere realizar esse momento de apresentação e explicação.

Com o entendimento do problema, é hora de executar o exercício. Para executar o Crazy Eights, é preciso que os participantes esbocem oito ideias distintas em cinco minutos. Em um passo a passo, fica assim:

  1. dê 1 papel A4 por membro;
  2. cada integrante deve dobrá-lo em oito seções;
  3. defina o temporizador em cinco minutos;
  4. cada membro da equipe esboça uma ideia em cada retângulo;
  5. quando o timer emitir o sinal, coloque a caneta em cima da mesa;
  6. por último, é realizada uma votação para que cada integrante escolha a ideia que achar mais relevante para o problema proposto.

Vale lembrar que, nesse tipo de metodologia, é fundamental abandonar o lado crítico interior. Afinal, é preciso dar espaço aos impulsos criativos para, a partir disso, ter ideias eficientes.  

De fato, alguns membros da sua equipe, que não estão familiarizados com a medologia sprint, poderão achar esse método intimidador. Por isso, cabe a você tranquilizá-los e explicar bem o processo de julgamento e críticas. Uma vez que as ideias não precisam ser perfeitas.

Uma dica interessante é dar um pequeno tutorial com uma rápida sessão explicativa antes do exercício começar.

A votação

Com as ideias já elaboradas pelos Crazy Eights, a votação será o próximo passo. Ela funcionará assim:

  • agrupe as ideias em um local em que todos possam visualizá-las;
  • cada pessoa terá três minutos para explicar as suas ideias e responder às dúvidas dos integrantes da dinâmica;
  • cada integrante terá três votos;
  • execute a votação em cinco minutos.

Também é possível votar no próprio esboço, porém, isso só deve ser feito se o integrante realmente sentir que é a melhor opção. Afinal, isso não deve ser tratado como uma competição, mas sim uma cooperação para o bem da empresa.

Feito isso, as 3 melhores ideias terão continuidade no Sprint, otimizando o processo criativo até chegar em um único foco. Fazer isso também dará mais tempo e espaço para a execução da solução final.

Desfrute dos benefícios do Crazy Eights!

Agora que você conheceu o Crazy Eights e seu potencial de desenvolver novas ideias, aplique-o nos sprints da sua empresa. Essa dinâmica pode acelerar os seus resultados, assim como reduzir o tempo para a identificação de soluções. 

Esperamos que a sua empresa consiga obter ótimos resultados. Até mais!