5 ações cruciais para conseguir escalar uma startup

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O sonho de toda startup é crescer cada vez mais e ser relevante no mercado em que atua. No entanto, é preciso conhecer e aplicar as ações necessárias para possibilitar escalar um negócio. Afinal de contas, nenhuma empresa se torna relevante e escalável sem ações otimizadas e que realçam a originalidade da marca. 

Por isso, selecionamos as 5 ações cruciais para conseguir escalar uma startup. Conheça cada uma delas a seguir e veja como fazer o seu negócio decolar de vez.

5 ações cruciais para conseguir escalar uma startup

1. Estude o seu mercado e os seus clientes

Resultado de imagem para digitando gif

Uma marca que não conhece o seu mercado e seus clientes não consegue traçar estratégias consistentes.

Isso porque, sem esse conhecimento, ela até pode acertar em algumas execuções, porém, isso não será constante. Afinal, por diversas vezes ela poderá errar oferecendo algo totalmente contrário ao interesse dos consumidores. O que, além de atrapalhar a startup de escalar, poderá manter a empresa estagnada.

Logo, estudar profundamente os seus concorrentes e os próprios clientes é o primeiro passo para qualquer negócio.

Contudo, não deixe o seu ego de mercado falar mais alto, não tire nenhum tipo de conclusão sem dados. Faça pesquisas, consulte, entreviste, analise os dados disponíveis dos usuários e afirme somente com percentuais.

Assim, a probabilidade de acerto em qualquer estratégia seguinte vai ser sempre a maior possível.

2. Defina os seus ICPs e seja original

Ao conhecer profundamente o seu mercado, o próximo passo é definir os seus ICPs. Essa sigla se refere ao termo, em inglês, Ideal Customer Profile, que, em português, significa: Perfil de Cliente Ideal.

Criar um modelo (perfil ideal) é uma ótima forma de acelerar a especialização nas vendas. Pois, a comunicação, os produtos anunciados e os canais escolhidos para aplicação das estratégias, serão todos baseados nesse perfil. 

Outra vantagem de definir os seus ICPs é a possibilidade de identificar o próprio perfil da empresa de forma mais rápida. Pois, conhecendo o perfil do cliente ideal é possível criar uma marca ainda mais compatível e original.

Portanto, não basta apenas conhecer os seus clientes e o mercado em que atua, é necessário falar a mesma língua. Isto é, ter uma comunicação eficiente e campanhas realmente úteis para quem precisa do seu produto. 

3. Faça testes!

Resultado de imagem para mr bean chemistry gif

Outra ação indispensável para todas as startups que conseguiram escalar em pouco tempo é a aplicação de testes A/B. Eles são determinantes para identificar a aderência e aceitação das estratégias das empresas. 

Ao contrário das pesquisas e questionários, os testes A/B disponibilizam uma resposta sobre a preferência dos usuários sem precisar fazer nenhuma pergunta.

Isso porque os testes A/B funcionam oferecendo entre duas opções distintas de estratégia com o mesmo fim. A partir disso, a opção mais escolhida, clicada e visualizada, será a mais interessante. O que lhe permite entender padrões, seja de comunicação, precificação, etc.

Não há limites para os tipos de variações para aplicar a essa estratégia. Podem ser 2 tipos de campanhas de revenda, ou mesmo, 3 imagens diferentes para uma publicidade. A melhor opção tende a ser sempre a que recebe mais interações.

4. Invista em marketing de performance

A melhor forma de investir o dinheiro da sua startup é investindo na opção que a ajudará se tornar cada vez maior. Pensando nisso, quando se trata de publicidade, é fundamental investir em campanhas que tragam resultados.

Por isso, focar seus investimentos nos usuários que o seu ICP representa é a melhor forma de ser assertivo. 

Com anúncios baseados nas suas principais pesquisas e nas suas Redes Sociais os resultados serão rápidos e vantajosos. Além disso, trabalhar o remarketing e a fidelização com anúncios de produtos relacionados também poderá ser muito recompensador.

5. Não se esqueça do Branding

Em se tratando dos stakeholders da empresa, trabalhar o reconhecimento de marca é a palavra chave. Até porque, se os acionistas notam que a marca está fraca ou incoerente ao próprio mercado, os investimentos irão cair.

Por isso, manter uma comunicação presente e útil na vida do consumidor é tão importante quanto investir em estratégias de retorno financeiro rápido. Isso porque, criar e divulgar conteúdos que são bem engajados ajudam a marca ser cada vez mais amada e respeitada. O que, por sua vez, além de trazer mais investidores, aumenta a fidelização e o potencial para a statup escalar ainda mais. 

Veja também: por que a estratégia de CRM é fundamental para uma fintech .

Esperamos ter lhe auxiliado a conhecer e aplicar cada uma dessas ações cruciais para escalar uma startup. Faça ótimos negócios e cresça como nunca antes. Até mais!

Artigos Relacionados