Como funciona o Google Analytics 4 e quais são suas principais novidades

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Apesar do nome, o Google Analytics 4 (GA4) já estava no ar desde julho de 2019. Nesse período, as propriedades eram unir o App mais o Web do Google Analytics, entretanto, ainda em uma versão beta, até conseguirem criar o Google Analytics 4.

Essa mudança pode ser entendida como uma reflexão, uma vez que esse tipo de serviço pode ser usado por todas as empresas e não apenas por aquelas que têm um aplicativo e um site.

Com 15 anos de atividade. Agora, a plataforma apresenta novidades bastante interessantes que podem melhorar muito suas estratégias com base em dados concretos. Continue sua leitura para entender mais sobre o Google Analytics 4.

O que é Google Analytics 4?

Essa é a versão mais recente da plataforma de análises mais famosa do mundo, e foi desenvolvida com o objetivo de entregar dados mais completos para os profissionais, especialmente os de marketing.

A nova atualização propõe uma visão dos resultados de acordo com as etapas do funil de vendas e a jornada do cliente. Sendo assim, o GA4 se transforma na melhor ferramenta para coleta de dados e métricas otimizadas.

Mas, e agora, devo me atualizar? Entenda por que você deve fazer o upgrade dessa ferramenta.

Como funciona o Google Analytics 4?

A antiga versão baseava-se em page views, ou seja, cada vez que uma página do site era carregada, gerava um código do Google Analytics que era carregado junto dela. Portanto, tudo era dependente da plataforma para gerar uma receita.

Pelo fato do Google precisar se adaptar à sua ferramenta, o GA4 passou a se basear em inter-relações que cada cliente executa nos sites ou aplicações, por exemplo, ao clicar no botão de menu, mover-se através do cursor, entre outras.

Dessa forma, cada uma dessas atividades feitas pelo cliente no site, torna-se uma ação para a ferramenta. Em suma, o Google Analytics 4, passa a se basear nisso e não tanto nas pages-views.

Mas uma das principais precauções que se deve tomar ao utilizar a ferramenta é que ela não “deixa na mão” e nem acomoda, como ocorre na GA Universal.

Quais as principais novidades?

Das principais mudanças da nova versão do Google Analytics 4, destacam-se as funcionalidades que veremos a seguir.

Feito para todos os usuários

Agora, o objetivo da plataforma é auxiliar quem tem um site ou um aplicativo ou os dois!

Com essa atualização do GA4, um problema antigo da plataforma é resolvido: a falta de integração e a duplicidade de informações de acesso por diferentes plataformas.

Machine Learning aplicado

Agora, o Google Analytics 4 tem um novo conceito de captura de informações. Isso porque, a ferramenta se tornou menos dependente de cookies para análise de comportamento dentro dos sites, o que garante maior confiabilidade sobre as informações coletadas e também um maior volume de informações. Além disso, detalha da melhor possível o comportamento do usuário todo o fluxo de uso do GA4.

Espero que tenha gostado do conteúdo sobre Google Analytics 4 e que ele possa ajudar você a começar a entender essa plataforma. Até a próxima!

Artigos Relacionados